Movimento Tiradentes

A melhor forma de falar é fazer

Arquivo por Março, 2008

 O Movimento Tiradentes, ido às ruas da cidade de Juiz de Fora no dia 07 de setembro/07, é um projeto de construção do carcomido e putrefato cenário político nacional.Há, no Congresso Nacional, perto de  200 (duzentos) parlamentares envolvidos com a Justiça Criminal e com os Tribunais de Contas da União e dos Estados. Resolvemos por um enfrentamento. O poder sem moral (Câmara e Senado) será reconstruído pela moral sem poder (que é o povo). Atualmente vozes isoladas, diariamente, se fazem ouvir nas rádios, jornais, televisões e revistas, condenando esse apagão moral. Pois bem: o Movimento Tiradentes vai unir as vozes e, em uníssono, gritaremos uma e única vez, tão alto, que seremos ouvidos.A MELHOR FORMA DE FALAR É FAZER.Fazemos política sem conotação partidária, desenvolvendo o trabalho democrático de fazer leis segundo nossas convicções.Não falamos nomes de pessoas, não mencionamos partidos políticos e não comentamos sistemas de governo e/ou econômicos.Daí a nossa credibilidade.Pensam alguns que a corrupção será combatida nas pelejas judiciais.Imaginam outros que a oratória derrotará a corrupção.Outros, ainda, estão convictos que a mobilização popular, a concentração do povo nas ruas e praças, e as passeatas porão fim à corrupção.O MOVIMENTO TIRADENTES, embora aplauda todas as formas de ação, não acredita no êxito de tais resistências.O Judiciário moroso e a Lei frouxa apadrinham e abençoam as imunidades e as impunidades.À indignação, verbalizada em pressão alta, tem se seguido anêmicas ações, o mesmo podendo-se dizer das passeatas.O MOVIMENTO TIRADENTES vai travar seu combate nas urnas.Entendeu que é ali o verdadeiro campo da batalha cívica.Fazendo política como o exercício democrático de criar leis segundo suas próprias convicções, vai unir o povo em torno de um e único candidato: a nova Lei Complementar de Inelegibilidades.Vamos votar na integridade moral; vamos votar na integridade moral e na decência; vamos votar na integridade moral e na decência e na honestidade; vamos votar na integridade moral e na decência e na honestidade e na ética, certos de que assim derrotaremos a corrupção, higienizaremos o cenário político nacional e, escrevendo uma página da História do Brasil, estaremos, juntos, mudando a cara deste país!Marco Aurélio Lyrio ReisCoordenador do Movimento TiradentesMarço/08